• Nuvem UAV

Processe os dados coletados pelo drone usando o Agisoft Metashape

O Agisoft Metashape é o software mais popular do mundo e o mais utilizado para processamento de imagens.


Seu uso dá continuação ao trabalho feito com drone... O software realiza o processamento fotogramétrico de imagens digitais (de fotografia aérea, de curta distância e imagens de satélite) e gera dados 3D que podem ser utilizados em aplicações como SIG - Sistema de Informação Geográfica, documentação de patrimônio cultural e produção de efeitos visuais.


Além disso, também é possível utilizar os dados gerados para medições indiretas de objetos em várias escalas.


O drone é uma ferramenta que carrega um sensor RGB, multiespectral ou termal; ao terminar seu voo, o operador pode utilizar o Metashape para processar as imagens obtidas através dos sensores em informações espaciais na forma de nuvens de pontos densas, modelos poligonais texturizados, ortomosaicos georreferenciados e DSMs/DTMs.


Recentemente, apresentamos o Agisoft Metashape e destacamos suas funcionalidades e áreas de aplicação, aqui, em nosso blog. E, neste artigo, você conhecerá ainda mais as vantagens de adquirir a sua licença para começar a utilizar o software no seu trabalho.


Os benefícios da fotogrametria inteligente


O Agisoft Metashape conta com a técnica de fotogrametria digital bem implementada com métodos de visão computacional que resulta em um sistema de processamento automatizado.


O software pode ser utilizado tanto por um usuário novato no campo da fotogrametria quanto por um especialista que se beneficiará ainda mais dos recursos avançados, como modo estereoscópico, por exemplo, e ainda terá controle total sobre a precisão dos resultados, gerando um relatório detalhado no final do processamento.


Como é feito o processamento das imagens no Metashape?


O procedimento do processamento de dados das imagens é dividido em três etapas principais.


Primeira etapa: alinhamento


Nesta etapa, estão incluídas a triangulação aérea ou aerial triangulation (AT) e o ajuste de bloco de feixe ou bundle block adjustment (BBA). Através dessas funções, o Metashape procura pontos e objetos em comum nas imagens e os combina entre elas em pontos de ligação.


O software ainda encontra a posição da câmera para cada imagem e refina os parâmetros de calibração dela, aferindo os parâmetros de orientação da câmera interna (IO) e externa (EO).


Os resultados obtidos desse primeiro procedimento são visualizados na forma de uma nuvem de pontos esparsos e um conjunto de posições de câmera.

Nuvem de pontos esparsos visualizada no Agisoft Metashape. Fonte: Nuvem UAV

A nuvem de pontos esparsos é a representação dos resultados do alinhamento de imagem e não será usada diretamente no processamento posterior (exceto para o método de reconstrução de superfície baseado em nuvem de pontos esparsos, adequado apenas para estimativas rápidas).


Mais especificamente, ela é necessária para determinar mapas de profundidade com base nos pares estéreos selecionados de nuvem esparsa. E pode ainda, ser exportada e usada posteriormente em softwares externos.


Por exemplo: um modelo de nuvem de pontos esparsos pode ser usado em um editor 3D como referência.


Já o conjunto de posições de câmera é indispensável para a reconstrução posterior da superfície 3D, feita no Metashape.


Segunda etapa: superfície 3D e/ou 2,5D (DEM)


O modelo poligonal (malha) pode ser texturizado para uma representação digital fotorrealística do objeto/localização e exportado em diversos formatos compatíveis com softwares de pós-processamento, como CAD, por exemplo, dentre outros fluxos de trabalho de modelagem 3D.


Dessa forma, o Metashape constrói uma nuvem de pontos densa com base nas posições estimadas da câmera e nas próprias imagens (correspondência estéreo densa), gerando uma nuvem de pontos fotogramétricos que pode ser mesclada com os dados LiDAR ou dividida automaticamente em várias classes semânticas após as tarefas do projeto.

Representação digital fotorrealística sendo texturizada. Fonte: Agisoft


Compreendendo os resultados do projeto


O modelo digital de elevação ou digital elevation model (DEM) pode ser gerado com base nos dados de nuvem de pontos densos, apresentando tanto o terreno quanto todos os objetos que estão acima do solo, como árvores, edifícios e quaisquer outras estruturas (também conhecido como modelo digital de superfície ou digital surface model, DSM).

Ou pode apenas apresentar a paisagem do território (conhecido por modelo digital do terreno ou digital terrain model, DTM).


Projetos de grande escala


Para projetos de grande escala, como cidades, visando fornecer uma resposta de visualização de modelo rápida e permitir uma navegação suave por toda a área, o Agisoft Metashape permite gerar modelos lado a lado.


Essa representação hierárquica preserva a resolução original das imagens aplicadas ao modelo como uma textura e é compatível com visualizadores autônomos.


Terceira etapa: ortomosaico


No Metashape, você pode criar um ortomosaico georreferenciado, usá-lo como base para vários tipos de mapas ou para posterior análise de pós-processamento, e até mesmo vetorização.


O ortomosaico é gerado através da projeção de imagens de acordo com seus dados IO/EO em uma superfície da escolha do usuário, que pode ser DEM ou malha.


Nos projetos multiespectrais, por exemplo, o ortomosaico pode fazer a representação de NDVI e outras informações de índices de vegetação.


O Metashape e a Agricultura de Precisão: calcule índices de vegetação de maneira personalizada


No Metashape, com facilidade e precisão nas informações, você pode gerar e calcular NDVI, NDRE e outros índices de vegetação com base na entrada de imagens pancromáticas, multiespectrais e termais.


A fórmula do índice de vegetação pode ser definida pelo usuário, envolvendo processamento de dados de diversas fontes e permitindo uma grande flexibilidade na hora de analisá-los.


Isso permite ao usuário compreender a saúde da vegetação, acompanhar o crescimento e desenvolvimento da safra, gerar prescrições para equipamento agrícolas de taxa variável, realizar estimativa da produtividade e muito mais.


Os dados calculados podem ser exportados como:

  • Uma grade de valores de índice de pontos flutuantes calculados por pixel de ortomosaico;

  • Um ortomosaico em pseudocores de acordo com uma paleta definida pelo usuário.

No caso de vários índices calculados para um mesmo ortomosaico, você pode exportá-los como um ortomosaico multicanal, separando um canal por índice.

Processamento de imagens multiespectrais. Fonte: Agisoft


Topografia e mapeamento: crie ortomosaicos contínuos em alta resolução


Uma ferramenta perfeita para o processamento de imagens aéreas, o Metashape tem desenvolvido constantemente suas funcionalidades de acordo com as tarefas definidas pela indústria UAS.


O software provou ser uma ferramenta de pós-processamento de nível profissional capaz de gerar e classificar nuvens de pontos densas para cálculos adicionais de DSMs/DTMs excepcionalmente detalhados, exportar ortomosaicos contínuos em alta resolução e reconstruir modelos poligonais precisos de objetos/localizações de grande escala.


Dessa forma, o Agisoft Metashape se tornou uma parte indispensável para o fluxo de trabalho do Sistema de Informação Geográfica que, na maioria das vezes, começa por um sistema UAV.


Medições altamente precisas para mineração


Os modelos digitais de elevação (DEMs) produzidos pelo Metashape são altamente precisos e estabelecem as bases para as medições de área e volume, tanto para escavações quanto para estacas.


Uma vez que vários voos foram realizados em diferentes momentos, o Metashape permite o rastreamento de alterações de volume, erosão do solo e estudos de geleira.


Além disso, a capacidade de detecção automática de alvos não codificados economiza trabalho manual em projetos de inspeção feitos regularmente.


Os benefícios de adquirir sua licença Agisoft Metashape


Conheça os benefícios de trabalhar com essa solução de software de ponta, com tecnologia para levar a fotogrametria ao seu limite e técnicas de machine learning para tarefas de pós-processamento e análise.


Rapidez e alta precisão


A Agisoft desenvolveu uma tecnologia de ponta, que permite ao Metashape um processamento muito rápido, proporcionando ao usuário resultados consistentes e altamente precisos tanto para fotografia aérea (até 3 cm) quanto em curta distância (até 1 mm).


Processamento local ou em nuvem


O software é capaz de processar mais de 50.000 fotos em um cluster, pois tem a funcionalidade de “processamento distribuído”. Entretanto, a fim de minimizar o investimento em hardware, o projeto também pode ser enviado para a nuvem com todas as opções de processamento ainda acessíveis ao usuário.


Interface intuitiva para o usuário


Todo o pacote do Agisoft Metashape tem um fluxo de trabalho baseado em projeto linear intuitivo.


Assim, o software pode ser facilmente dominado tanto por um usuário não especialista quanto por fotogrametristas profissionais que irão se beneficiar de seus recursos avançados, como modo estéreo, por exemplo, e ter controle completo sobre a precisão dos resultados, gerando um relatório detalhado no final do processamento.


Compre a solução completa Nuvem UAV


O Agisoft Metashape é um produto complementar às aeronaves fabricadas e vendidas por nós, da Nuvem UAV.


Adquira sua licença do software junto com a sua aeronave. Somos representantes oficiais da Agisoft. Basta entrar em contato conosco clicando no botão abaixo:


Conheça o nó de processamento da Nuvem UAV


Para aproveitar todo o potencial do Agisoft Metashape é importante que você utilize um computador robusto e com bom processamento gráfico.


Quanto maior o número de imagens processadas, maior será o tempo de processamento. Por isso é importante selecionar um hardware compatível com o tamanho dos seus projetos.

Pensando na otimização do seu tempo, a Nuvem UAV oferece também uma solução de hardware robusta, compacta, configurada e otimizada para o processamento de dados de grandes áreas.


Faça uma cotação completa conosco (drone + software + hardware de processamento) no link abaixo:



54 visualizações0 comentário