• Nuvem UAV

Pecuária de Precisão: O manejo inteligente e de alta produtividade com o uso de drone



A tecnologia na vida rural cresce exponencialmente com destaque para os veículos aéreos não tripulados, devido a sua versatilidade. Na agricultura as imagens captadas do alto já são essenciais para o planejamento de ações de manejo e, paulatinamente a agropecuária se rende ao uso de drones.


A nova era, a da Pecuária de Precisão, pode ser resumida como a coleta de dados automatizada. As informações são utilizadas para tomadas de decisões assertivas, além de contribuírem com a redução do custo de produção, da contaminação do solo e da água.


Essa tecnologia permite que ao final de cada voo inúmeras informações captadas no mapeamento sejam compiladas. A ajuda que vem do céu contribui de forma expressiva e efetiva à administração das fazendas.


Na pecuária o uso de drones também permite detectar pragas, falhas de plantio, excesso de irrigação, doenças e etc”, explica Alexandre Mainardi C.E.O da Nuvem UAV.


Os dados coletados também podem ser utilizados no manejo das pastagens, identificando a necessidade de reforma ou recuperação dos pastos e as condições das cercas e estábulos para manutenções.


Outra aplicabilidade dos drones na pecuária é o acompanhamento dos rebanhos. Em 2019 a Embrapa deu início a uma pesquisa para desenvolver uma metodologia para agrimensura pecuária usando drones equipados com câmeras de alta tecnologia, com o objetivo de realizar a contagem dos gados.


“Quanto maior é o rebanho e a fazenda maior a dificuldade de observar o todo. Os drones permitem esse acompanhamento geral, podendo ainda dar apoio aos deslocamentos de gados”, ressalta Mainardi.


Além de reduzir o estresse dos animais por conta do deslocamento, os estudos visam contribuir para a gestão adequada e a quantificação dos resultados. O monitoramento das fazendas com drones pode também controlar algumas variantes como nascimento e morte.


O Brasil possui o maior rebanho do mundo, com pouco mais de 213 milhões de animais, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mudam as ferramentas, mas não a relevância dessa atividade econômica para a exportação e para o abastecimento interno. Por isso, cada informação coletada pelos drones tem um reflexo expressivo no planejamento e na rentabilidade da fazenda.


O monitoramento aéreo auxília ainda no controle de animais desgarrados e em breve a pesquisa da Embrapa visa avançar em outros aspectos como a saúde animal - o controle do peso.


Os dados adquiridos pelas aeronaves podem ser usados para ações de preservação do meio ambiente, além da identificação de possíveis riscos como focos de incêndio na propriedade. Inspecionar, vistoriar e monitorar com drone cada parte da fazenda tem custo e tempo bem menores do que o modo convencional.


0 visualização
Seja o primeiro a receber nossas novidades
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

© 2020 por Nuvem UAV Indústria de Aeronaves LTDA.